quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Silêncios


Os silêncios que invadem a nossa intimidade são terríveis.. Assustadores...

Os silêncios entranham-se no meio de nós, vão-se instalando, ganhando espaço...

Espaços que estão vazios devido à tua ausência..


Espaços só teus...

Espaços só meus...

Espaços só nossos...

O vazio é ilusório, são os momentos dolorosos que o caracterizam, momentos acutilantes que me rasgam, me partem, me amordaçam quando me apetece gritar...

O vazio é salpicado pela força da distância, pela incerteza do futuro, pela ausência de presente...


A incerteza marca o ritmo, fixa o compasso que nos persegue no dia a dia...

Um compasso arrepiante, provocando abismos de sensações contraditórias...


O silêncio está dentro de mim, repleto de despedidas, separações abruptas...